Babá eletrônica: veja como escolher o modelo ideal!

8 minutos para ler

Nos tempos em que vivemos conseguimos superar as barreiras das distâncias, podendo estar presentes mesmo não estando fisicamente em um local. Para os pais, este tipo de possibilidade facilita muito ao realizar as tarefas do dia a dia, e é permitida por meio de uma babá eletrônica.

O monitoramento de suas crianças, muitas vezes, não é uma tarefa fácil, dado que nem sempre elas podem estar grudadas juntas dos pais em um mesmo ambiente. Mas graças aos avanços tecnológicos, isso tem se tornado uma tarefa um pouco mais simples de se realizar.

O uso de babás eletrônicas permite um contato quase direto entre os pais e suas crianças, permitindo a realização de várias atividades, sem perder o foco nos pequenos. Mas com tantas opções no mercado a dúvida de qual o modelo de babá eletrônica ideal surge. Por isso, preparamos este artigo para que você entenda os principais fatores e saiba escolher a que mais se adequar a sua rotina. Acompanhe!

Quais são as opções de babá eletrônica disponível no mercado?

Comprar uma babá eletrônica pode não ser uma tarefa tão simples se a pessoa não conhecer as opções disponíveis no mercado. Existe uma variedade muito extensa de tipos e modelos destes equipamentos eletrônicos, cada uma com peculiaridades e vantagens diferentes, e sua compra pode se basear conforme as necessidades, sendo as principais opções:

Digital com vídeo Nuk  

A babá com vídeo Nuk é ótimas opções no mercado. Isso porque ela tem uma ótima qualidade na captação de sons e ruídos, podendo armazenar os vídeos gravados, além de possuir uma excelente tela com visão noturna e opções de áudio para tocar músicas para o bebê.

Digital LCD vídeo

Esta também é opção é top de linha, pois tem uma capacidade de alcance de 200 metros de distância, sensores de visão noturna, tela grande de alta resolução e memória para armazenamento de dados. Além de possuir funções de muita qualidade como o monitoramento de temperatura do cômodo e sensores que ligarão a tela automaticamente ao detectarem movimento.

Babá eletrônica com Wi-Fi

As que possuem a opção de se conectar por Wi-Fi são ótimas para pessoas que querem ficar ainda mais conectadas a seus filhos. Devido ao acesso a internet, os pais conseguem enviar informações para dispositivos móveis, além de transmitir suas imagens diretamente.

Monitores com áudio

Os monitores com áudio são altamente vantajosos para aqueles que não querem somente visualizar, mas também ouvir. O áudio pode identificar ruídos nos quartos, além de conseguir escutar choros e sons produzidos pelo bebê.

Babá eletrônica analógica

Para alguns os sistemas analógicos estão ultrapassados, mas para outros essa é uma vantagem. O sistema analógico utiliza de frequência de rádio, o que pode gerar interferência em outros aparelhos domésticos ou em até mesmo outras babás. Mas o ponto é esse. Devido a esse cruzamento de sinais, ela pode ser útil em casos que os pais queiram captar seus sons através do celular ou aparelhos de som.

Monitores de movimento

Algumas babás possuem funções que vão além de filmar ou tirar fotos. Sensores de movimentos é uma tecnologia de extrema utilidade, pois possuem funções de enviar notificações, seja por mensagem ou ruído, quando detectam movimento vindo de suas imagens.

Como escolher o modelo ideal?

Sabendo que a variedade de modelos é muito extensa, após analisar as suas necessidades é possível chegar a um produto final. Mas antes de realizar a sua compra, há um pouco mais de informações a serem avaliadas.

Alguns produtos podem possuir menos funções que outros, mas também pode ser de qualidade inferior que os demais, e a qualidade tornam-se um fator determinante na hora de voltar à atenção a sua criança. Por isso, na escolha do modelo ideal é preciso verificar alguns itens, tais como:

Avalie a qualidade do vídeo e áudio da câmera

Para que uma vigia eficiente seja realizada é preciso conseguir ouvir e ver o bebê através do aparelho, mas para isso, o produto precisa ter uma boa qualidade de resolução. É muito importante antes da compra, verificar se a babá eletrônica possui uma qualidade aceitável de áudio e vídeo para que não haja complicações durante o uso.

Verifique o alcance

O alcance é outro ponto vital. O quarto em que o bebê dorme pode não ser tão perto do quarto dos pais, ou de outros cômodos como a cozinha ou a sala, fazendo com que um aparelho que não atenda a distância mínima, tonando inútil. Nesse caso, tenha em mente a distância que irá precisar e consulte nas informações do aparelho se esse requisito será atingido.

Analise as funções extras

Existem alguns aparelhos com algumas funções não tão comuns, mas que pode ser de muito agrado dos pais. Algumas delas são: envio de mensagens automáticas via internet para notificar situações, transmissão de músicas e áudios para o bebê e também a opção de ambos os aparelhos poderem se comunicar para os pais conseguirem fazer com que sua voz seja ouvida.

Observe a durabilidade da bateria

Um dos usos mais comuns é verificar se o seu filho esta bem durante a noite, mas ao ligar a babá é preciso ter certeza que a bateria irá corresponder com seu tempo de sono para que ela não se esgote antes da hora de acordar. Por isso, não deixe de consultar a durabilidade da bateria, a fim de evitar imprevistos durantes certos períodos.

Certifique se possui o registro do Inmetro

O Inmetro avalia se a babá eletrônica está apta a cumprir suas funções, verificando a validade, qualidade e segurança. Por isso, é importante verificar se ela possui o certificado para não realizar a compra de produtos com procedências duvidosas.

Atente para o monitoramento em tempo real

Alguns destes aparelhos possuem um atraso ao transmitir informações de um lado para o outro, podendo ser de alguns segundos. Isso pode ser um problema em casos que precisem de uma atenção imediata. Neste caso, é fundamental verificar se o monitoramento é realizado em tempo real para sempre estar à disposição do bebê.

Como usar a babá eletrônica com segurança?

Após todas as análises, é possível ter a babá eletrônica de sua escolhe em mãos, ou seja, hora de colocar ela em atividade. Mas você sabe a maneira correta de usar a babá eletrônica? Existem alguns cuidados de segurança que os pais devem se atentar na hora de instalar e usar o produto, tanto a segurança do bebê quanto para manter a integridade do produto, tais como:

Evite posicionar muito próximo do berço

A vontade de manter a babá muito próxima do berço pode ser grande, mas não é recomendada. É importante manter o aparelho seguro e logo do bebê, tanto para a segurança dele evitando contato com peças e cabos, quanto para manter o aparelho intacto sem gerar prejuízos.

Guarde os cabos de energia

Cabos de energia é um grande problema, pois podem gerar danos severos aos bebês. Estrangulamentos, ingestão e choque são os principais riscos que um cabo pode gerar, por isso, se torna vital os manter totalmente fora de alcance dos pequenos, seja enquanto o aparelho estiver ligado como também nos momentos guardados.

Manter as crianças sobre vigia nunca foi tão simples, pois o uso da babá eletrônica facilita muito a vida de pessoas atarefadas, que geralmente tem a necessidade de manter seus filhos em berços ou somente manter um controle durante o sono do bebê. Claramente estes dispositivos não anulam a necessidade da presença constante dos pais, que devem sim, seja durante o sono ou não, realizar um monitoramento periódico a eles, mas com certeza irá auxiliar em muitos bons momentos.

Gostou do nosso conteúdo? Então aproveite a visita, clique aqui e conheça alguns de nossos produtos, certamente terá um ideal para você.

Você também pode gostar

Deixe um comentário