Como escolher o carrinho de bebê ideal?

6 minutos para ler

Saber como escolher o carrinho de bebê é útil para todos os pais. Afinal, esse veículo é de grande ajuda para carregar o seu filho com segurança e conforto, tanto para ele, quanto para você.

Exatamente por essa razão, prestar atenção na qualidade do produto que está procurando é mais que imprescindível, pois é um item que está diretamente ligado ao bem-estar da sua criança durante os seus primeiros anos.

Neste post, vamos apresentar as principais considerações a se fazer na hora de escolher o carrinho de bebê e daremos algumas dicas para você testá-lo e se sentir muito mais relaxado em relação à segurança de seu neném. Acompanhe!

Como escolher o carrinho de bebê?

É possível encontrar as mais variadas opções e nos mais diversos valores — podendo estar em uma faixa entre R$ 300 e R$ 6.000,00. Por conta dessa grande variedade, é comum que os pais encontrem dúvidas na hora de fazer a compra, por exemplo, se vale a pena investir em um item que será usado por, no máximo, 3 anos, ou se é seguro confiar em um produto mais em conta.

A resposta é que tudo depende do que você procura em um carrinho de bebê. As opções mais caras, certamente, apresentam ferramentas e utensílios diferentes, mas que trazem um diferencial no dia a dia. Já as versões mais simples atendem às necessidades básicas da criança durante um certo período.

Por isso, confira, a seguir, alguns pontos a considerar antes de escolher o modelo ideal!

Entenda a necessidade de adquirir o produto

Como visto, a decisão está diretamente relacionada às expectativas dos pais em relação ao produto. Por isso, é preciso definir quais são os fatores que levaram você a querer um carrinho de bebê.

O primeiro passo é pensar onde ele será usado. Por exemplo, para passeio, para ficar em casa, para transportar um recém-nascido, entre outras opções. Depois disso, reflita a frequência com que ele será necessário, além de considerar a distância em que precisará deslocá-lo.

Alguns pais preferem optar por um modelo completo, que inclui a presença de um adaptador para o carro, bebê conforto e moisés. Assim, não é preciso mudar a criança várias vezes de lugar, principalmente quando ela está dormindo.

Analisar a rota também é importante, pois as ruas podem apresentar inclinações, buracos, entre outros obstáculos. Desse modo, modelos com amortecedores servirão para tornar a viagem da criança muito mais confortável.

Além disso, é interessante pensar em qual será o destino da peça depois que o seu filho crescer. Ele será usado por outra criança? Nesse caso, é uma boa ideia investir um pouco mais a fim de garantir uma durabilidade maior.

No entanto, caso você precise algo apenas para trajetos curtos e em áreas planas, uma versão simples pode ser a mais indicada, visto que ela será usada apenas por um curto espaço de tempo. Essa mesma ideia vale para quando você está pensando em trocar de modelo conforme o crescimento da criança.

Confira o peso e o tamanho do produto fechado

O espaço que esse produto ocupa dentro da sua casa, carro e bagageiro é muito importante. Por exemplo, caso você precise viajar, é importante que ele tenha um bom encaixe no porta-malas do carro ou sirva como mala de mão — tanto em relação ao tamanho quanto peso — em um avião.

A acessibilidade que ele permite é outro ponto a considerar. Sendo assim, confira se as suas medidas são compatíveis com elevadores, portas, calçadas e corredores em sua volta. O tamanho adequado vai garantir uma boa mobilidade.

Além disso, pese o carrinho quando ele estiver fechado, pois, muitas vezes, será necessário guardá-lo com o seu filho no colo. Dessa maneira, quanto mais leve, mais fácil será o seu manuseio.

Considere a faixa etária da criança

Existem diversos modelos de carrinhos voltados para uma idade específica da criança, sendo possível encontrar opções para pessoas de 0 a 3 anos. Isso interfere na inclinação, nos apetrechos, rodas, entre outros itens do carrinho.

Desse modo, é importante procurar sempre o produto mais indicado para a faixa etária em que o bebê se encontra a fim de garantir um maior conforto e segurança a ele.

Verifique a presença do selo da INMETRO

Todos os carrinhos comercializados no Brasil precisam apresentar um selo do INMETRO, órgão regulamentador de segurança. Ele serve como uma certificação de que o produto atende às regras necessárias para transportar uma criança com devida segurança.

Além do selo, é interessante buscar por outros mecanismos que garantam a proteção do neném, como o freio e o cinto. Até porque, para que o produto cumpra as obrigatoriedades do INMETRO, ele precisa apresentar também esses dois itens.

O primeiro serve para travar o veículo quando ele estiver parado ou para estacioná-lo em uma área com inclinação. Geralmente, ele fica próximo às rodas e pode ser acionado com os pés. Já o cinto assegura que o neném não escorregue, nem se machuque durante o trajeto. O ideal é que ele tenha cinco pontos, dois na altura dos ombros, dois nas laterais e um na região do meio das pernas.

Garanta que há proteção solar

A proteção solar é outro detalhe imprescindível para esse equipamento. Primeiramente, porque até mesmo nos dias que o Sol não aparece, os raios ultravioletas estão presentes. Por isso, verifique se o tecido tem proteção UV, principalmente na capota. É interessante também que essa parte seja ampla e articulada para controlar melhor a luminosidade.

Além disso, o material precisa ter uma capacidade térmica adequada para que as peças metálicas não se esquentem com facilidade, para, assim, evitar que a pele da criança se queime.

Como você pôde perceber, saber como escolher o carrinho de bebê mais adequado às suas necessidades não é uma tarefa tão simples, tendo em vista que são muitas as considerações a se fazer antes de tomar a decisão. Portanto, sempre dê atenção aos indicadores de qualidade do produto a fim de garantir a sua segurança.

Para conferir alguns modelos de carrinho de bebê, acesse o nosso site e saiba muito mais!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário