5 dicas de como tirar a mamada da madrugada

4 minutos para ler

A mamada da madrugada é uma fase bastante desafiadora para a mãe. Acordar três vezes — ou até mais — durante a noite para alimentar o bebê é um processo que dura cerca de seis meses, mas que pode ter sua frequência diminuída a partir desse período.

O primeiro passo é pedir a opinião do pediatra, para ter certeza de que a criança está preparada para deixar de se alimentar durante a noite. Depois, você pode seguir nossas 5 dicas sobre como tirar a mamada da madrugada. Quer aprender? É só acompanhar este post!

1. Identifique o melhor momento para tirar a mamada

A mamada da madrugada é muito importante para o bebê nos primeiros meses de vida. Eles não podem passar muitas horas sem se alimentar, por isso, é essencial oferecer a livre demanda nos primeiros seis meses. Dessa forma, você garante que o bebê está recebendo todos os nutrientes de que precisa.

Muitas vezes, o desmame acontece de forma natural. A criança pede cada vez menos, até passar a noite toda sem chorar em busca de leite materno. No entanto, isso não acontece com todos os bebês.

Nesse caso, o ideal é que você mesma comece a tirar a mamada da madrugada aos poucos. A fase mais segura é quando já houve a introdução alimentar e a criança se alimenta bem durante todo o dia.

2. Não troque a mamada no peito pela mamadeira

Na tentativa de tirar a criança do peito durante a noite, muitas mães tentam oferecer a mamadeira. Essa prática não é recomendada, já que não diminui o hábito da criança em pedir pelo leite. Além do mais, você está trocando um meio pelo outro e, futuramente, terá de fazer o desmame da mamadeira.

A dica é que você diminua o tempo da mamada no peito. Se ela pedir, alimente-a, mas se tiver certeza de que ela comeu bem durante o dia, deixe-a mamar menos tempo que o de costume. Pegar o peito pode ser apenas uma forma de a criança relaxar e dormir. Por isso, termine a mamada antes de ela pegar no sono.

3. Não tire a mamada da madrugada em momentos de mudança

Se você está voltando para o trabalho e vai passar menos tempo com a criança ou mudou-se recentemente, espere um pouco antes de pensar em como tirar a mamada da madrugada. Bebês gostam de rotina e ficam muito melhores quando têm certeza do que vai acontecer no seu dia.

Qualquer novidade pode deixar a criança ainda mais estressada, o que vai dificultar o processo de desmame. Se você está em um momento de transição, aguarde mais um tempo até que a criança esteja habituada às mudanças.

4. Combine com o parceiro um revezamento na madrugada

Os bebês associam a mãe ao leite, ao peito e à alimentação. Por isso, é comum que seu bebê sinta mais vontade de mamar quando sente seu cheiro. Uma boa estratégia é combinar com o parceiro um revezamento da madrugada. Quando ele chorar, quem deve atendê-lo é seu parceiro e não você.

Dessa forma, o bebê pode sentir-se menos estimulado a procurar pelo peito e, gradualmente, vai deixando esse hábito de lado. Além do mais, essa é uma oportunidade para a mãe descansar.

5. Não misture mamada notura com desmame do bebê

Os bebês aprendem rápido, mas qualquer processo deve ser introduzido de forma leve e tranquila. Por isso, é importante focar em como tirar a mamada da madrugada e não fazer o desmame completo.

Além de estressar a criança, essa prática não vai ajudar. Isso por que a criança consegue diferenciar sua rotina noturna da diurna. Isso quer dizer que mamar de manhã não vai fazer com que ele deseje e exija mamar à noite. Por isso, vá com calma e coloque uma estratégia em prática por vez.

Por fim, lembre-se de que as estratégias sobre como tirar a mamada da madrugada funcionam melhor quando são usadas de forma gradual. Aceitar o ritmo da criança vai fazer toda a diferença nesse processo, pois significa que ele está pronto para encarar cada uma desas fases.

Agora que você já sabe como tirar a mamada da madrugada, que tal assinar nossa newsletter e receber mais dicas como essa por e-mail?

Você também pode gostar

Deixe um comentário