Como evitar o vazamento de leite materno? Confira 3 práticas

4 minutos para ler

O vazamento de leite materno é um problema que pode incomodar muito a mãe que está passando pela fase de aleitamento do seu filho. Isso porque a situação pode ser constrangedora, principalmente em ambientes públicos.

Acontece que não existe uma causa específica para esse problema e, muito menos, uma solução definitiva. Cada mãe deverá testar a medida que for mais adequada ao volume do vazamento excessivo de leite.

Quer saber como evitar o vazamento de leite com dicas práticas? Então, acompanhe conosco!

Por que ocorre o vazamento de leite na mãe?

O leite materno extravasar um pouco das mamas pode ser considerado um desequilíbrio entre a quantidade que é sugada pelo bebê e volume que ainda está armazenado para consumo.

Isso acontece principalmente no início da amamentação, quando a mãe está com muito estímulo hormonal para produção de leite, mas o recém-nascido ainda mama pouco ou o insuficiente para esvaziar os seios.

Como, na maioria das vezes, o bebê mama apenas em um dos seios, o outro pode ficar inchado e, a partir daí, ocorre o vazamento de leite, que pode escorrer pelo sutiã e blusa da mãe.

Como evitar o vazamento de leite materno?

Com o passar do tempo, a mãe conhecerá seu corpo na fase de amamentação, e a conexão com o bebê facilitará a identificação de quando ocorrerá de quanto será o vazamento de leite.

Por isso, daremos a seguir algumas dicas que devem ser testadas pelas mães. Veja.

1. Aumente a frequência das mamadas

Como o excesso de leite que causa o vazamento, nada melhor do que destinar o “produto” a quem mais necessita. Por isso, se possível, aumentar a frequência das mamadas pode ser uma alternativa interessante para nutrir e deixar o recém-nascido saudável, além de descarregar o excesso de leite.

O ideal seria, no período das mamadas, o bebê sugar o leite dos dois seios para evitar o extravasamento daquele peito que não foi estimulado. Se o bebê mamar pouco, é aconselhável, mesmo assim, trocar os seios.

2. Tire um pouco de leite

Atualmente, as recomendações clínicas já preconizam o armazenamento de leite em condições específicas que garantam a conservação nutricional e evitem a contaminação do produto.

Por isso, para aquelas mães que estão com muito vazamento de leite, vale a pena optar por essa medida, porque o leite armazenado poderá ser utilizado pelo bebê ou enviado para doação.

3. Utilize conchas de amamentação

As conchas de amamentação são acopladas ao seio da mãe com o objetivo de reter a quantidade de leite que extravasa e pode ser usada durante todo o dia se não for desconfortável.

Com um design apropriado, elas se encaixam aos seios e têm um recipiente que coleta o leite que escorreu em excesso. Contudo, devem ser higienizadas e desinfetadas conforme informações descritas na embalagem para evitar proliferação de microrganismos.

O vazamento de leite é um problema que pode ocorrer com qualquer mãe durante o processo de amamentação. Em geral, causa constrangimento devido à identificação visual do problema, principalmente se a mãe estiver em um ambiente público. Por isso, além de sempre contar com uma roupa extra, é possível aumentar a frequência das mamadas, utilizar conchas de amamentação ou absorventes de seios, como também armazenar o leite em condições seguras para consumo posterior.

E você, ainda tem alguma dúvida sobre esse problema? Deixe seu comentário!

Você também pode gostar

Deixe um comentário